O Santuário de Fátima

O Santuário de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, mais conhecido por Santuário de Fátima, é um Santuário dedicado a Nossa Senhora de Fátima e foi erguido em memória dos acontecimentos que ocorreram naquele local quando, em 1917, a Nossa Senhora do Rosário fez seis aparições aos pastorinhos Lúcia dos Santos e seus primos, os irmãos Francisco e Jacinta Marto de dez, nove e sete anos de idade, respectivamente. A sua importância, do ponto de vista religioso é, há muito, reconhecida a nível nacional e internacional tornando-o num dos mais importantes santuários marianos do mundo pertencentes à Igreja Católica, tendo sido distinguido com duas rosas papais. Fica Localizado na Cova da Iria, na cidade de Fátima, concelho de Ourém, em Portugal, e é um local de peregrinação por excelência e um dos destinos de turismo religioso mais procurados do mundo, recebendo cerca de seis milhões de visitantes por ano.

032
Espaço exterior – Recinto de Oração

O espaço de peregrinação é composto, principalmente, pela Capelinha das Aparições, pela Basílica de Nossa Senhora do Rosário e colunata, pela Basílica da Santíssima Trindade, pelo Recinto de Oração (exterior), as Casas de Retiros de Nossa Senhora do Carmo e de Nossa Senhora das Dores e o Centro Pastoral Paulo VI. É, ainda, apoiado por edifícios administrativos, acolhimento de peregrinos, sanitários, atendimento médico, espaços culturais e comércio.

1_Casa_de_Retiros_de_Nossa_Senhora_do_Carmo_Santuário_Fátima_IMG_9343
Casa de Retiros de Nossa Senhora do Carmo

O primeiro contacto com o Santuário é através do Recinto de Oração que é um espaço descoberto, com cerca de 1 Km de comprimento, contando com o Centro Pastoral Paulo VI, e 250 metros de largura, ladeado, a norte e a sul, por frondoso arvoredo e, a oriente e a ocidente pela Basílica de Nossa Senhora do Rosário e pela Basílica da Santíssima Trindade, respectivamente. Devido à sua posição central, é simultaneamente local de passagem e de culto, fazendo a ligação entre os diversos edifícios erigidos à sua volta. Também é neste espaço que se distribuem, em diferentes locais, vários monumentos e peças de escultura, como a Azinheira Grande, o Monumento ao Sagrado Coração de Jesus, o Presépio e um fragmento do Muro de Berlim e, ainda, onde se encontra um corredor lajeado, com quase 200 metros de comprido, que serve de via penitencial. O recinto tem capacidade para 300.000 pessoas mas, durante as visitas papais, é largamente ultrapassado. Na visita do Papa Bento XVI, em 2010, quase atingiu as 500.000.

003
O Presépio

A Capelinha das Aparições foi construída no local onde Nossa Senhora falou aos Pastorinhos e onde, por sua indicação, haveria de ser construída uma capela em sua honra. Das seis aparições de Virgem Maria, cinco aconteceram neste local nos dias 13 dos meses de Maio, Junho, Julho, Setembro e Outubro de 1917 (a aparição de Agosto deu-se no dia 19 em Valinhos). Foi construída entre Abril e Junho de 1919 e posteriormente benzida, tendo-se aí celebrado a primeira missa em 13 de Outubro de 1921. Ao longo dos anos foi sujeita a pequenas alterações, mantendo sempre os traços originais e característicos de uma ermida popular. O alpendre actual foi inaugurado aquando da primeira visita do Papa João Paulo II nos dias 12 e 13 de Maio de 1982. O local onde se encontra a imagem de Nossa Senhora marca o sítio onde estava a azinheira sobre a qual a Senhora do Rosário apareceu. Do lado esquerdo, perto da Capelinha, existe uma pira onde os crentes podem queimar velas em cumprimento das suas promessas.

004
Alpendre da Capelinha das Aparições e a pira no lado esquerdo ao fundo

A imagem de Nossa Senhora do Rosário de Fátima foi esculpida em 1920 por José Ferreira Thendim. A escultura é feita em madeira de cedro do Brasil e mede 1,04 metros. No mesmo ano, foi oferecida ao Santuário por Gilberto Fernandes dos Santos, um devoto de Torres Novas, tendo sido benzida no dia 13 de Maio, na Igreja Paroquial de Fátima e, um mês depois, foi levada para a Capelinha das Aparições. Em 13 de Maio de 1946 foi solenemente coroada pelo Cardeal Aloisi Masella, legado pontifício. A preciosa coroa, feita em ouro, tem 313 pérolas, 2679 pedras preciosas e pesa 1,2 quilogramas. Foi oferecida pelas mulheres de Portugal em 13 de Outubro de 1942, que deram as suas jóias em acção de graças por Portugal não ter entrado na Segunda Guerra Mundial. Só é ostentada em dias de grandes peregrinações sendo substituída, nos restantes, pela coroa de prata dourada. Em 1984, João Paulo II ofereceu à Nossa senhora de Fátima a bala que o atingiu no atentado de 13 de Maio de 1981, no Vaticano, encontrando-se encastrada na união das oito hastes que constituem a coroa.

capelinha
A Capelinha original

A Basílica de Nossa Senhora do Rosário começou a ser construída em 1928, em estilo neo-barroco e ergue-se no local onde os pastorinhos brincavam quando viram o clarão, que pensavam ser trovoada, em 13 de Maio de 1917. Ficou concluída em 1953 e, em 1954, o Papa Pio XII concedeu-lhe o título de Basílica Menor. Foi totalmente construída em pedra calcária, branco do mar, da região. A torre sineira, cujo carrilhão é composto por 62 sinos, culmina numa coroa de bronze de 7 toneladas, encimada por uma cruz, que se mantém iluminada à noite. O conjunto atinge uma altura máxima de 70,5 metros. Na frente da Basílica foi instalado um altar exterior composto por uma grande tribuna com altar, presidência, ambão e bancos para os celebrantes.

001
Exterior da Basílica de Nossa Senhora do Rosário

A colunata que ladeia a Basílica é composta por 200 colunas e meias colunas, 14 altares e uma via sacra com painéis de cerâmica. É encimada por 17 imagens de santos.

033
A colunata

O interior da Basílica é constituído por uma grande nave com capela-mor, transepto, duas sacristias, 14 altares laterais e um órgão. É, também, aqui que repousam os restos mortais dos três pastorinhos. Francisco e Jacinta morreram ainda crianças com, respetivamente, dez e nove anos de idade, levados pela gripe espanhola. Foram beatificados pelo Papa João Paulo II em 13 de maio de 2000. Lúcia dedicou-se à oração e sacrifício. Os últimos 57 anos da sua vida foram vividos em clausura, como freira, no Carmelo de Santa Teresa, das Carmelitas Descalças, em Coimbra, onde ficou conhecida com o nome de Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado e onde viria a falecer no dia 13 de Fevereiro de 2005, com 97 anos de idade. No braço esquerdo do transepto fica a capela onde se encontram os túmulos de Jacinta e Lúcia. Do lado oposto, a capela onde está o túmulo de Francisco.

029
Interior da Basílica de Nossa Senhora do Rosário

Em 6 de Junho de 2004, foi iniciada a construção da Igreja da Santíssima Trindade, de forma a suprir a falta de capacidade que a Basílica de Nossa Senhora do Rosário começava a ter para receber adequadamente os peregrinos. Foi inaugurada em 12 de Outubro de 2007 pelo Cardeal Tarcisio Bertone, então Secretário de Estado do Vaticano e legado de Bento XVI. Em 2012 foi concedido a este templo o título de Basílica.

031 (2).JPG
Vista da Basílica da Santíssima Trindade e a Cruz Alta

A nova Basílica, projectada pelo arquiteto grego Alexandros Tombazis, tem uma forma circular com 125 metros de diâmetro e uma altura máxima de 21,15 metros. A porta principal, feita em bronze, é dedicada a Cristo e é da autoria de Pedro Calapez bem como os painéis que a ladeiam. O projecto já foi galardoado com o Prémio Secil de Engenharia Civil 2007, promovido pela Secil – Companhia Geral de Cal e Cimento, SA e pela Ordem dos Engenheiros e, em 2009, o Prémio «Outstanding Structure 2009» (Excelente Estrutura 2009), atribuído pela Associação Internacional para a Engenharia de Pontes e Estruturas (IABSE) e que é considerado o “Óscar” desta área.

Fàtima-Igreja_da_Santissima_Trinidad-20140914
Entrada principal

As portas laterais, também em bronze, com oito metros de altura, são dedicadas aos doze apóstolos.

017
Uma das portas laterais

O seu interior tem um vão livre de 80 metros e tem um total de 8633 lugares. O presbitério, com capacidade para cerca de 100 celebrantes, é constituído por um altar com 3,5 metros de comprimento, feito em pedra calcária, branco de mar, da região, um crucifixo com 7,5 metros de altura, feito em bronze e uma escultura da Nossa Senhora de Fátima com 3 metros de altura, esculpida em mármore branco de Carrara. O painel que cobre a parede do fundo, da autoria de Marko Ivan Rupnik, é um mosaico com 10 metros de altura e 50 de largura, feito em terracota dourada moldada manualmente.

011
Interior da Basílica da Santíssima Trindade

Num nível inferior, acessível por duas escadarias e duas rampas, a Galilé dos Apóstolos S. Pedro e S. Paulo, constitui um complexo com 150 metros de comprimento onde se encontram as capelas da reconciliação e confessionários e onde se podem contemplar dois espelhos de água, que convidam à reflexão, e azulejos da autoria de Álvaro Siza Vieira.

021
Espelho de água no nível inferior

A zona envolvente da Basílica da Santíssima Trindade é constituída por duas praças. Na Praça de João Paulo II encontramos as estátuas dos Papas João Paulo II e Paulo VI e a Cruz Alta com 34 metros de altura e 17 de largura, feita em aço corten.

006 (2)
Cruz Alta

A praça de Pio XII apresenta a estátua do Papa com o mesmo nome e a estátua de D. José Alves Correia da Silva, Bispo de Leiria de 1920 até à sua morte em 1957.

016
Papa Pio XII

No extremo poente do Santuário de Fátima, para lá da avenida D. José Alves Correia da Silva, encontra-se o Centro Pastoral Paulo VI, assim baptizado em homenagem ao primeiro Papa que visitou Fátima, em Maio de 1967. Este centro de congressos tem quatro pisos e uma área de 1,4 hectares. Possui um anfiteatro com 2124 cadeiras, salas para encontros, capela, alojamento em camaratas e um refeitório. Foi inaugurado em 13 de Maio de 1982 pelo Papa João Paulo II.

014
Centro Pastoral Paulo VI

O Santuário de Fátima já foi honrado com cinco visitas papais. Paulo VI foi o primeiro em 1967. Seguiu-se João Paulo II, grande devoto de Nossa Senhora de Fátima, em 1982, 1991 e 2000. Por último Bento XVI em 2010. A próxima visita será a do Papa Francisco em Maio de 2017.

007
Papa João Paulo II

O Museu do Santuário de Fátima, fundado em 1955, além das exposições temporárias, mantém, desde 2002, uma exposição permanente intitulada “Fátima Luz e Paz” composta por ofertas de peregrinos anónimos e dos mais altos dignitários da Igreja e da sociedade civil à Nossa Senhora de Fátima. O Museu, bem como todos os espaços do Santuário, é de entrada gratuita.

museu_santuario_de_fatima
Museu do Santuário de Fátima

Embora não fazendo parte do complexo do Santuário, a visita não ficaria completa sem uma deslocação ao Museu de Cera de Fátima. Neste espaço é recriada, através de figuras de cera, a história da vida dos três pastorinhos e das aparições do Anjo e de Nossa Senhora.
O museu localiza-se na Rua Jacinta Marto, a cerca de 200 metros do lado norte do Santuário de Fátima. Informações, horários e preço dos bilhetes aqui.

3c68bf16a91c8ff57a3c5fd44604b5b4 (2)
Museu de Cera de Fátima – “Entender a história é valorizar o motivo de milhares de peregrinos”

O evento mais importante do Santuário celebra-se nos dias 12 e 13 de Maio, de cada ano, comemorando a data da primeira aparição de Nossa Senhora. O ponto alto é a Procissão das Velas, realizada na noite dos dias 12 para 13, que os peregrinos acompanham com uma vela acesa proporcionando um espectáculo de fé e de luz de rara beleza.

Visita do Papa Bento XVI a Fátima
Procissão das Velas

A cerimónia culmina no dia 13 de Maio com a missa e a Procissão do Adeus em que os peregrinos se despedem da Nossa Senhora acenando lenços brancos. Este evento reúne no Santuário de Fátima, todos os anos, centenas de milhares de pessoas vindas de todo o mundo.

D0031251
Procissão do Adeus

O Santuário de Fátima recebe de igual forma todos os seus visitantes, independentemente da sua religião, raça ou sexo, sejam eles crentes ou não crentes. Seja por fé ou apenas pelo seu valor cultural e arquitectónico, este é um espaço que todos deveriam visitar uma vez na vida.

♥ Boa viagem ♥

Guia prático


♦ Quando ir

A melhor altura para visitar é na Primavera e no Outono, quando as temperaturas são mais amenas. O recinto é um espaço descoberto de grandes dimensões  pelo que, no Inverno pode fazer muito frio e no Verão muito calor. Se quiser visitar o Santuário com tranquilidade, deve evitar os grandes eventos que concentram milhares de peregrinos, como por exemplo nos dias 12 e 13 de Maio, 15 de Agosto e visitas papais, entre outros que acontecem em datas volantes.

♦ Como ir

O aeroporto mais próximo é o de Lisboa, que fica a cerca de 130 Km de distância.
Diversos transportes ligam Lisboa a Fátima. Na Estação ferroviária de Santa Apolónia e na Gare do Oriente, pode apanhar o comboio e sair na estação de Chão de Maçãs-Fátima que, embora seja a mais próxima, fica a mais de 20 Km de Fátima. Mais prático e cómodo é viajar de autocarro expresso, que demora 1.30h a percorrer a distância entre o Terminal Rodoviário de Sete Rios, em Lisboa, e o Terminal Rodoviário de Fátima, que fica a cerca de 300 metros do Santuário. De carro, a via mais directa é a A1 desviando na saída 8 para a EN 356. O Santuário de Fátima tem 14 parques de estacionamento gratuitos.

♦ O que vestir

No inverno, agasalhos e protecção para a chuva. No verão roupa fresca, chapéu e óculos de sol. O calçado deve ser confortável durante todo o ano. Em Portugal não existem restrições quanto à roupa que se usa em espaços religiosos. No entanto, deve haver bom senso nas escolhas de forma a não ferir susceptibilidades. Uma écharpe fina pode ser útil.

♦ Alojamento

A cidade de Fátima está habituada a grandes afluxos de visitantes e tem uma oferta de milhares de camas, distribuídas por hotéis, pensões, residenciais e até alojamentos particulares, de todas as categorias. No entanto, durante os grandes eventos, tudo se esgota e para assegurar a sua estadia nesse período deve reservar com bastante antecedência.

♦ Alimentação

Tal como no alojamento, existem inúmeros restaurantes, cafés e supermercados que dão apoio aos visitantes, mas ainda assim o ideal é chegar cedo para garantir um lugar. Junto aos vários parques de estacionamento existem espaços de piquenique com mesas e bancos.

♦ Informações importantes

Consulte o nosso Guia de Viagem para Portugal onde encontrará indicações úteis sobre a entrada e permanência no país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s