Empire State Building – Mais perto do céu…

Um roteiro de visita à cidade de Nova Iorque não estará completo se não estiver incluída a subida a, pelo menos, um arranha-céus (Skyscraper). A escolha do Empire State Building será, com certeza, uma experiência única e inesquecível.

20170812131215
Empire State Building

A sua construção começou em 17 de Março de 1930, à velocidade extraordinária de quatro andares e meio por semana. Foi baptizado com o nome de Empire State (Building), o apelido da cidade de Nova Iorque, e oficialmente inaugurado no dia 1 de Maio de 1931 por Herbert Clark Hoover, o 31º Presidente dos Estados Unidos da América, com o acender das luzes ao apertar os botões em Washington, D.C.

ESB construção
Construção do Empire State Building (foto Wikipedia)

Foi erguido numa das zonas mais nobres de Manhattan, na 5ª avenida, entre a W 33rd St e a W 34th St., e com 381 metros de altura (443 metros com a antena), 102 andares e 72 elevadores foi, durante 40 anos, o edifício mais alto do mundo. Foi destronado no final de 1970 com a construção da Torre Norte do World Trade Center. Em 1986 foi elevado a Património Histórico Nacional. Hoje é o segundo edifício mais alto de Nova Iorque, só superado pela Liberty Tower construída após a queda das Torres Gémeas.

20170812131459
Tão alto que não se vê o topo

Tem cinco entradas, situando-se a principal e por onde entram os visitantes no número 350 da 5ª avenida. Se não comprou previamente o bilhete, o ideal é ir bem cedo para evitar grandes filas ou então ser portador do CityPass que tem entrada privilegiada.

20170812132306
5.ª avenida – entrada dos visitantes

A experiência da visita começa logo no lobby de entrada, ladeado de elegantes lojas e um dos poucos interiores de Nova Iorque considerados Marco Histórico. O destaque vai para os murais do tecto, em Art Déco, revestidos em folhas de ouro e alumínio e, na parede da recepção, para a imagem do próprio edifício com feixes de luz projectados do topo.

20170812132334
Lobby de entrada

A subida ao 2.º andar é feita por escada rolante e é neste espaço a zona das bilheteiras e do controlo de segurança. A caminho dos elevadores, é apresentada uma exposição sobre o processo de renovação sustentável, premiado em 2009, que permitiu a economia de mais de 38% do consumo energético do edifício.

20170812132525
Se vierem cedo talvez não apanhem filas para a bilheteira

A primeira viagem de elevador leva-nos até ao 80º andar. Se tiver sorte, porque nem sempre acontece, durante percurso é exibido no teto um filme que acompanha, enquanto sobe, a construção do edifício.

20170812133321
Filme projectado no tecto do elevador

Ao sair do elevador temos o primeiro contacto com a vista exterior, através das grandes janelas que rodeiam o espaço, e encontramos a exposição Dare to Dream (Ousar Sonhar) que, através de documentos originais, fotografias da época e muitos outros, presta homenagem ao trabalho dos arquitectos, construtores e dos mais de 3.400 trabalhadores envolvidos neste grande projecto.

20170812133724
Exposição Dare to Dream no 80.º andar

A segunda viagem de elevador é curta e deixa-nos no 86º andar, a plataforma principal e o mais alto observatório a céu aberto de Nova Iorque.

20170812141014
Plataforma de observação do 86.º andar

Ao sair dos elevadores temos acesso a um enorme espaço coberto, com grandes janelas, que permite que o visitante, sem sair para o exterior, tenha uma boa experiência paisagística mesmo em dias de muito frio e chuva.

20170812134014
Vista através das janelas de vidro do 80º andar

A plataforma de observação exterior rodeia todo o perímetro do edifício proporcionando deslumbrantes paisagens em 360º.

20170812135134
Vista oeste de Manhattan

Toda a área está protegida com uma vedação metálica mas, para descanso dos amantes de fotografia, com aberturas suficientemente largas de forma a permitir a recolha de imagens sem barreiras. Também tem à sua disposição poderosos binóculos disponíveis gratuitamente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A vedação não impede boas fotografias

Daqui conseguimos ver toda a Manhattan e arredores com destaque para os rios Hudson e East com as suas ilhas e pontes.

20170812135429
Vista panorâmica do lado sul de Manhattan com a Liberty Tower ao fundo
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A selfie para a posteridade

Com tantos edifícios na frente, o Central Park é o local menos visível deste piso. Se quiser ter uma visão quase total do parque, terá de subir ao 102º andar onde, num dia de céu limpo, se consegue uma vista panorâmica até à distância de 130 quilómetros. No entanto vista completa só no Top of the Rock.

20170812140705
Vista panorâmica do lado norte de Manhattan com o Central Park parcialmente tapado pelo Top of the Rock

Mas, em contrapartida, terá vistas únicas para a Times Square, a Ponte de Brooklin, a Liberty Tower, o Chrysler Building, o Flatiron Building, o Top of the Rock e tantos outros sítios.

20170812142259
Aproximação do Flatiron Building

Lá em baixo o mundo parece uma miniatura. As pessoas são mínimas e os carros que circulam nas avenidas parecem de brincar.

20170812135257
Lá em baixo tudo parece miniatura

Se olhar com atenção verá os rooftop onde estão instalados pátios, piscinas privadas e elegantes bares e restaurantes muito procurados pela vista que oferecem.

20170812142202
Aproximação de um dos muitos rooftop de Manhattan

Em 1950 é instalada uma antena com mais de 60 metros de altura fazendo do Empire State Biulding o centro de operações de transmissão da cidade de Nova York e de uma região que abrange três estados. O seu sinal de radiodifusão chega a mais de 7,4 milhões de residências, o que representa mais de 6,5% de todos os domicílios com aparelhos de TV nos EUA.

20170810151252
Empire State Building, com a sua antena de mais de 60 metros, visto do Top of the Rock

A descida é rápida e o percurso passa pela loja oficial do Empire State Building, instalada no 80º andar, que vende os habituais souvenirs. Se lhe despertar a atenção algum artigo mais invulgar, não hesite e compre porque pode ser exclusivo da loja. Se olhar para algo mais simples procure nas lojas de rua que vendem a um preço mais razoável (em frente ao edifício há uma).

IMG_6520
Artigos exclusivos da loja oficial

Mas se acha que a visita à luz do dia é fascinante, à noite irá ficar deslumbrado. O Empire State Building oferece uma das mais belas vistas panorâmicas nocturnas sobre Manhatan.

IMG_6836
Vista panorâmica nocturna de Manhattan sul e rio Hudson

Portadoras do CityPass voltámos à noite e a aproximação ao Empire trouxe-nos alguma preocupação. O céu limpo do dia tinha sido substituído por nuvens que cobriam o topo do edifício.

IMG_6791
Noite nublada no topo do Empire State Building

No entanto, o tempo melhorou e acabámos por passar pela espectacular experiência de ver a paisagem por cima de nuvens que, de vez em quando, passavam lembrando-nos o quanto estávamos mais perto do céu.

20170813035643
Mais perto do céu…

A paisagem é de cortar a respiração. A nossos pés tudo era luz distinguindo-se na perfeição os principais edifícios, avenidas e pontes. Imperdível!

IMG_6822
Chrysler Building iluminado
20170813035812
Aproximação da Liberty Tower envolta em nuvens

Ficámos ali tempo infinito mesmo com a aragem fresca que se fazia sentir em contraste com o calor do dia. Se for à noite, mesmo no verão, leve um agasalho ligeiro. Pode estar muito vento.

IMG_6843
Vista panorâmica nocturna de Manhattan norte

O Empire State Building é muito mais que um simples arranha-céus. É um dos edifícios mais conhecidos e fotografados do mundo e um ícone da cidade de Nova Iorque, sendo visitado por mais de 3,5 milhões de pessoas por ano. Aqui se celebram casamentos, se rodam filmes, como o histórico King Kong filmado em 1933, e se passam alguns dos mais belos momentos numa visita a Nova Iorque.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Em 2004, por ocasião da morte da actriz Fay Wray, durante 15 minutos, as luzes da torre foram diminuídas em homenagem à protagonista do filme King Kong, de 1933

“… lá em cima, entre as nuvens, o ritmo agitado de Nova York pára, o compasso nervoso da vida da cidade é deixado para trás. Nas alturas imponentes do Empire State Building a mente se liberta.” – Thirteen Months to Go, página 42.

 

♥ Boa viagem ♥

Informações úteis

♦ Como ir

Estação de metro mais próxima: 34 St – Herald Sq.
Linhas B D F M – Laranja e N Q R W – Amarela
Ao sair da estação irá estar na 6th Avenue. Seguir pela 34th Street em direcção a Este (± 300 metros).

♦ Horário

Aberto todos os dias, 365 dias por ano, das 08.00 às 02.00 horas.
O último elevador parte à 1h15.

♦ Preço dos bilhetes

Até ao 86º andar:    Adultos $36, Crianças $30, Seniores $34
86º e 102º andar:    Adultos $56, Crianças $50, Seniores $54
Se for portador do New York CityPass, além de pular as filas, terá o bónus de uma segunda visita na noite do mesmo dia, a partir das 22 horas, sem custos adicionais.
Os bilhetes incluem um guia oficial de Multimédia Empire State Building, gratuito para download em dispositivos Apple e Android.

♦ Controlo de segurança

No 2º andar é feito um controlo de segurança.
Não é permitida a entrada de qualquer objecto que possa servir de arma, artigos de vidro, latas, bebidas alcoólicas, sprays, tripés, instrumentos musicais, máscaras, pacotes grandes e malas de viagem.
Podem entrar máquinas fotográficas e de filmar sem tripés, água se estiver em garrafas de plástico e comida.
Não existe um espaço para deixar guardados os objectos proibidos, por isso verifique bem o que transporta para não ser impedido de entrar.

♦ Acessibilidades

Acessível a cadeiras de rodas e carrinhos de bebé. Existem sanitários no 2º e no 86º andar.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s