Peterhof – o mais belo palácio russo

Situado a 30Km da cidade de São Petersburgo e à beira do Mar Báltico, no Golfo da Finlândia, encontramos o mais belo palácio russo, o Peterhof. Foi mandado construir propositadamente, neste local, pelo Czar Pedro o Grande (que nele habitou a partir de 1725), onde o mar era mais profundo e permitia a navegação de barcos comerciais e navios de guerra, ao contrário do mar a norte, em São Petersburgo, que era demasiado superficial.

20160809104917
Detalhe do Palácio Peterhof

O também chamado “Versailles Russo”, sofreu gravíssimos danos durante a Segunda Guerra Mundial mas, felizmente, foi alvo de um minucioso restauro que lhe restituiu a identidade e imponência. Hoje em dia, alberga obras de um valor incalculável, oriundas de todo o mundo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Palácio Peterhof visto do jardim

Nos seus jardins superiores e inferiores, mandados construir pela filha do Czar, Isabel da Rússia, pode descobrir centenas de estatuetas e fontes deslumbrantes, que funcionam sem o uso de bombas mas apenas pelo efeito de elevação e pressão.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Jardins do palácio
20160809072755
Jardins do palácio
20160809073400
Jardins do palácio
20160809092219
Estatuetas e fontes

Os jardins, de perder de vista, terminam em maravilhosos miradouros para o Golfo da Finlândia e Mar Báltico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Vista dos jardins até ao Mar Báltico
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Miradouro para o Mar Báltico

Também pode avistar o movimento dos curiosos barcos (Hidrofoil Meteor) que fazem o transporte entre o palácio e a cidade e que partem a cada 30 minutos do cais do rio Neva. Pode, também, deslocar-se por estrada porque há muitos transportes públicos para o Palácio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Hidrofoil Meteor

Reserve, de preferência, uma manhã para esta visita cuja entrada custa 600 rublos (aproximadamente 9 euros).
O Peterhof abre às 10 horas e à entrada existe um rigoroso controlo de pessoas e bens pelas forças de segurança. Mochilas e casacos compridos são obrigatoriamente deixados na entrada e são fornecidas proteções descartáveis para os sapatos, antes de iniciar a visita, com vista a preservar o chão do palácio.

unnamed-2
Não se pode estragar o chão

Imperdível o espetáculo de abertura das fontes, todos os dias às 11 horas, acompanhado pelo Hino da Cidade. Todas as fontes encerram às 17 horas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Abertura das fontes

Não se pode fotografar dentro do palácio mas não tenha pena. Desfrute da visita e procure guardar na sua memória todo o esplendor artístico e arquitetónico que o rodeia. Aproveite cada minuto porque, acredite, é uma experiência única na vida e nem todos podem passar por ela. E, quando voltar a casa, diga aos amigos “aquilo não se descreve por palavras. É melhor irem lá ver!…”

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Palácio visto de uma das pontes do canal

♥ Boa viagem ♥

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s