Liubliana – a capital da simpatia

Os locais que visitamos despertam em nós os mais variados sentimentos e emoções. Quando aqui chegámos, sentimos logo uma atmosfera que nos fez pensar: “vamos ficar com saudades”. E foi isso mesmo que aconteceu! Liubliana é a bela capital da Eslovénia, uma cidade com apenas 250.000 habitantes mas com um nível de desenvolvimento cultural e humano muito elevado. A grande maioria dos eslovenos fala outros idiomas e são muito prestáveis com os turistas.

rua
Rua e arquitectura de Liubliana

Muitos estudantes europeus vivem na cidade durante uma boa parte do ano, frequentando a sua famosa Universidade, uma das maiores e mais prestigiadas do mundo, integrando 23 Faculdades e 3 Academias de Arte.

faculdade
Uma das Faculdades da Universidade de Liubliana

O seu edifício principal era o antigo Parlamento de Carníola, na antiga Jugoslávia. Em 1919 passou a ser a Universidade de Liubliana. O prédio original, era uma antiga mansão que o terramoto de 1895 destruiu, mas que foi reconstruido em 1902.

universidade
Edifício principal da Universidade

A música faz, também, parte integrante da vida e do programa educacional dos eslovenos. Há várias escolas de música na cidade e é raro encontrar alguém que não saiba tocar um instrumento musical.

musica
Uma das escolas de música

A cidade é atravessada pelo rio Liublianica, que divide o centro de Liubliana. De um lado fica a zona antiga e o castelo e do outro, a parte moderna, mais cosmopolita e comercial.

101_7407
Rio Liublianica

A Praça Preseren é o centro da cidade. Aqui acontecem vários eventos culturais e desportivos. Depois de o terramoto de 1895 ter destruído as casas medievais ali existentes, começou a construção de alguns palácios que foram originando as ruas que partem da Praça em todas as direcções. Ali se encontra o Monumento a France Preseren, o maior poeta esloveno, que dá o nome a este espaço.

MONUMENTO
Monumento a France Preseren na sua Praça com a Igreja Franciscana e a Ponte Tripla

A Igreja Franciscana da Anunciação, impõe-se no centro da praça pela sua chamativa fachada cor-de-rosa. Começou a ser construída em 1646 e foi sofrendo algumas alterações ao longo dos séculos, tendo sido alvo da última renovação em 1993.

lateral
Lateral da Igreja Franciscana da Anunciação

Ainda na Praça Preseren, salta à vista o edifício da Farmácia Central, um imponente prédio em estilo neorenascentista.

farmacia
Edifício da Farmácia Central

A curiosa Ponte Tripla, liga esta zona com a parte mais antiga da cidade e atravessa o rio Liublianica. Em 1842 foi construída a primeira ponte, que mais tarde se verificou ser insuficiente para o tráfego de veículos. Em 1931 foram construídas duas outras pontes, associadas, para assim solucionar o problema.

ponte tripla
A Ponte Tripla

Outras pontes cruzam o rio mas a mais conhecida é a Ponte do Dragão, cujas quatro cabeceiras são ladeadas por estes animais mitológicos. O Dragão é o símbolo da cidade porque, para os eslovenos, esta figura significa coragem.

liubliana2
Ponte do Dragão
LIUBLIANA3
O Símbolo da Cidade

A Ponte do Sapateiro também é curiosa com os seus seis pares de pilares. Chama-se assim porque, antigamente, era aqui ao longo do tabuleiro da ponte, que os sapateiros tinham as suas oficinas.

ponte
A Ponte do Sapateiro

Na zona velha aparece a Praça Municipal, com o belo edifício da Prefeitura construído no início do século XVIII, aproveitando uma antiga fachada do século XV, onde se destaca a Torre do Sino com relógios de várias cores.

camara
Edifício da Prefeitura

No centro desta praça está a Fonte Robba, construída em 1751 com mármore de Carrara, simbolizando os três rios que atravessam a região de Carniola, que pertencia à antiga Jugoslávia e onde agora se localiza a Eslovénia. Esta fonte tem, no centro, um obelisco com 10 metros de altura.

obel
Praça Municipal com a Fonte Robba e as torres da Catedral

Um pouco adiante, espera-nos a Catedral de Liubliana ou Catedral de S. Nicolau. Foi erguida originalmente no século XIII em estilo gótico, mas no século XVIII foi substituída por um edifício barroco.

101_7387
Aspecto da Catedral de S. Nicolau

A sua cúpula verde e as torres gémeas são visíveis de vários pontos da cidade.Portas de bronze foram esculpidas em 1996, por ocasião da visita do Papa João Paulo II.

porta2
Uma das portas de bronze
interior
Interior da Catedral de Liubliana

O Mercado Central de Liubliana nasceu à beira do rio, entre 1931 e 1939, num terreno abandonado onde existia um Mosteiro que foi destruído durante o terramoto. O sucesso do mercado foi tal que, em 1942 foi aumentado, passando a ter dois pisos cobertos e mais área ao ar livre.

frutas
Área de mercado ao ar livre
lateral
Uma das entradas do Mercado Central

As suas lindas colunas arquitectónicas e janelas em arco, fazem deste, um dos mais belos mercados da Europa. Para além dos produtos típicos da região e do país, também encontra aqui restaurantes e cafés com esplanadas voltadas para o rio Liublianica. O mercado está aberto de 2ª a 6ª feira, das 6h às 18h. Aos sábados fecha às 16h e aos domingos encontra-se encerrado.

mercado
Aspecto da arquitectura do edifício do Mercado Central

O Castelo de Liubliana está no cimo de uma colina, ladeado por um bosque muito verde e visível de qualquer ângulo da cidade. O castelo foi construído no século IX, não é muito grande e está muito bem preservado.

castle
O Castelo e a colina
castle2
Pátio do castelo

Tem um pátio largo onde acontecem vários eventos culturais e governamentais, um Museu, um café e a Torre Panorâmica do Relógio. Para subir a esta torre tem que pagar 3€, mas dos outros pontos do castelo também consegue vistas panorâmicas magníficas da cidade.

torre
Torre Panorâmica do Relógio
cidade
Um dia chuvoso e a cidade de Liubliana vista do castelo

A entrada no castelo é gratuita. Para lá chegar pode ir de carro, a pé ou de funicular, que tem o preço de 1.50€ por viagem e que está localizado na parte antiga, perto da Ponte do Dragão.

funicular
Funicular para o castelo

Liubliana tem muitos restaurantes, cafés e bares e tem uma intensa vida nocturna. A alegria e o espírito jovem imperam por aqui, uma vez que os estudantes internacionais emprestam a esta cidade a atmosfera de que “a vida é bela e tem que ser vivida”.

colors
Pormenores de Liubliana

♥ Boa viagem ♥

Guia prático


♦ Quando ir

Liubliana é uma cidade onde se regista muita chuva durante todos os meses do ano. O mês de Março é, apesar de tudo, o menos chuvoso. As temperaturas são médias, rondando os 20ºC durante o Verão. As temperaturas no Inverno costumam descer até aos 2ºC.

♦ Como ir

Várias companhias aéreas fazem a ligação de Lisboa para Zagreb, na Croácia. No aeroporto pode, depois, optar por viajar de autocarro ou comboio para fazer os 140 Km que o separam da cidade de Liubliana.

♦ O que vestir

Aqui é imprescindível uma protecção para a chuva, seja qual for a altura do ano em que viaja. Calçado tipo ténis que resistam à humidade, são uma boa opção. Um agasalho para uma noite mais fresca, também é bem lembrado.

♦ Alojamento

Liubliana é uma cidade com uma vasta oferta hoteleira. Nós ficámos alojadas no Grand Hotel Union Executive, com um serviço excelente a todos os níveis, num lindo edifício estilo Arte Nova, muito perto da Praça Preseren.

♦ Informações importantes

Consulte o nosso Guia de Viagem para a Eslovénia onde encontrará indicações úteis sobre a entrada e permanência no país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s