Kotor – uma pérola escondida

Quando a gente menos espera, encontra lugares escondidos com paisagens arrebatadoras. Foi o caso de Kotor. Esta pequena cidade medieval de Montenegro, situada à beira do Golfo de Kotor, é circundada por uma parte dos Alpes Dináricos. A beleza e tranquilidade do lugar, surpreende quem ali chega.

100_6338
Golfo de Kotor com a ilha de S. Jorge e ilha de Nossa Senhora da Rocha

A cidade foi construída entre os séculos XII e XIV e está repleta de monumentos e construções da época. No século XV foram construídas as muralhas que rodeiam a cidade, para a proteger dos ataques do Império Otomano.

100_6269
Muralhas

Essas muralhas foram reconhecidas como Património Mundial da UNESCO em 1979. Infelizmente, nesse mesmo ano, um violento terramoto danificou seriamente estes muros.

100_6316
Muralhas junto da baía

A entrada na Cidade Velha faz-se por uma das três portas medievais. Dentro das muralhas de Kotor não se pode circular de carro.

100_6264
Porta medieval e entrada na Cidade Velha

Passeie pelos becos e ruas estreitas, aprecie as varandas e fachadas de pedra, sente-se numa esplanada e repare na altura dos fiordes montenegrinos.

100_6274
Rua de Kotor e os Fiordes

A Catedral Católica de St. Tryphon, de estilo românico, marca o centro da cidade, mas a igreja de S. Nicolau, Católica Sérvia Ortodoxa, também sobressai no conjunto.

100_6281
Catedral de St. Tryphon
100_6289
Igreja de S. Nicolau

Há muitos restaurantes típicos onde o turista se sente a recuar no tempo. Para os corajosos, existe uma escadaria de pedra com 1350 degraus, para subir até ao topo das muralhas, mas depois vale a pena apreciar a vista sobre a baía de Kotor.

100_6290
Igreja de S. Lucas
100_6299
Arquitectura de Kotor

Já fora das muralhas, o cais do porto de navios de cruzeiro é muito movimentado, também por veleiros e iates cujos tripulantes estão a descobrir este recanto do Planeta.

100_6304
Cais de navios de cruzeiro

É também nesse local que se realiza o mercado semanal. Este recanto geográfico é uma pérola em bruto à espera de ser descoberta. Apesar do movimento de turistas, Kotor oferece um ambiente calmo e paisagens dignas de filme.

100_6326
Veleiro no porto

Visite a baía de Kotor no Montenegro. Não se vai arrepender.

100_6352
O cair da tarde no Golfo de Kotor

♥ Boa viagem ♥

Guia prático


♦ Quando ir

O clima da cidade varia por influência das montanhas. Por essa razão, pode acontecer chover no Verão, mas as temperaturas não vão além dos 25ºC. No Inverno regista-se muita chuva e os termómetros oscilam entre os OºC e 8ºC. Muito raramente as temperaturas descem para valores negativos.

♦ Como ir

A forma mais fácil de chegar a Kotor é apanhar um voo directo de Lisboa para Dubrovnik,  na Croácia. Depois pode optar por ir de autocarro, táxi (21€ por pessoa) ou alugar um carro. A distância entre as duas cidades é de 120 Km. A meio do caminho, se quiser, pode apanhar o Ferry Line que atravessa o estreito entre Lepetane e Kamenari e encurta a condução em 25 Km. A travessia dura 10 minutos e os barcos circulam a cada 15 minutos, durante o Verão. O preço para um veículo ligeiro são 4.50€. Os ocupantes não pagam.

♦ O que vestir

Nesta zona, a chuva pode aparecer quando menos se espera. Previna-se, mesmo viajando no Verão. Para subir às muralhas, precisa de calçado confortável.

♦ Alojamento

Kotor tem uma boa oferta hoteleira e com lindas vistas.

♦ Informações importantes

Visite o nosso Guia de Viagem para Montenegro onde encontrará indicações úteis sobre a entrada e permanência no país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s