Lucerna – a Suíça medieval

A bela cidade de Lucerna, no centro da Suíça, fica a 436 metros de altura, rodeada pelos Alpes Suíços. Com apenas 80.000 habitantes, a cidade localiza-se nas margens do Rio Reuss e é banhada pelo Lago dos Quatro Cantões ou Lago de Lucerna como é chamado por aqui. Esta cidade suíça é visitada por milhões de turistas uma vez que, em todas as estações do ano, há algo de diferente e especial nas paisagens que a envolvem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Apreciando a beleza da cidade

É muito fácil visitar a cidade a pé, mas tem também à disposição, um comboio turístico, o City Train, que proporciona uma volta de 40 minutos pelos principais pontos da cidade e que custa 10 Francos suíços (CHF).

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
City Train de Lucerna

Podemos, por exemplo, começar o nosso passeio na moderna Estação Central de Lucerna, com ligações ferroviárias de e para todo o país.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Entrada da moderna estação ferroviária

Em frente à entrada da estação e no centro da Bahnhofplatz, é mantido o arco que foi a entrada principal da estação velha, construída em 1896 mas que foi consumida pelo fogo em 1971.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Arco da estação velha na Bahnhofplatz

Ao lado, está a obra-prima arquitectónica de que a cidade se orgulha, o Palácio da Cultura e Congressos e ainda Museu de Arte (KKL). A sua “joia” é a sala de concertos que tem a melhor acústica do mundo! O edifício foi inaugurado no ano 2000.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Palácio da Cultura e Congressos e Museu de Arte de Lucerna

O Rio Reuss atravessa a cidade e proporciona belos passeios em barcos a vapor, com vários trajectos ao dispor do viajante. A comunidade de cisnes faz parte integrante do ambiente.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Zona de partida de barcos turísticos

Visitemos então a Ponte da Capela (Kapellbrucke), o cartão-de-visita da cidade. Tem 204 metros de comprimento e foi construída no século XIV. É a ponte coberta de madeira mais antiga do mundo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Ponte da Capela sobre o Rio Reuss

No seu topo, 112 pinturas do século XVII contavam a história da cidade, mas um incêndio em 1993 destruiu várias destas obras. Posteriormente a ponte foi restaurada mas, infelizmente, algumas destas pinturas perderam-se.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As pinturas no interior da Ponte da Capela

Ao lado da Kapellbrucke está a Torre de Água Octogonal. Tem 34 metros de altura, foi construída em 1300 e serviu como prisão e câmara de tortura. Este é, curiosamente, o monumento mais fotografado na Suíça.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Torre de Água Octogonal

Continuando, visite a Igreja Jesuíta construída em 1666 e que foi a primeira grande igreja barroca do país. O seu interior é lindíssimo.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Igreja Jesuíta
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Interior da Igreja Jesuíta

Mais adiante surge outra ponte de madeira, a Ponte Spreuer, construída em 1408. Entre 1626 e 1635 foram adicionadas a esta ponte, uma capela e 67 pinturas representando a “Dança da Morte”, alusivas à epidemia de peste que atingiu a cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Ponte Spreuer
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A capela na Ponte Spreuer

Aqui ao lado está a Barragem Nadelwehr, construída para controlar a passagem do volume de água do rio e assim manter o nível de segurança no Lago de Lucerna.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Barragem Nadelwehr

Do outro lado da ponte surge o centro histórico. A partir daqui não se esqueça de olhar para cima. Caminhe sem pressa para apreciar as espectaculares pinturas de frescos, que por aqui são frequentes nas fachadas dos edifícios.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Pinturas nos edifícios
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Arte para contemplar na rua

A Câmara Municipal de Lucerna (Rathaus) está instalada num edifício interessante, virado para o rio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Edifício da Câmara Municipal e Ponte Rathaus

Na parte de trás fica a Praça Kornmarkt onde aparece a torre do relógio da Câmara Municipal.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Torre do Relógio na Praça Kornmarkt

Na Praça Weinmarkt encontra-se a maior concentração de prédios com fachadas pintadas e artísticas portas.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Arquitectura de Lucerna
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Uma artística porta

De seguida passe pela Franzikanerplatz, onde se encontra a Igreja Franciscana, uma construção do século XIII em estilo gótico.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Fachada da Igreja Franciscana
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As torres da Igreja Franciscana
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Franzikanerplatz tem uma bonita fonte

Uma bela experiência é subir até à colina de Museggmauer onde se encontram as muralhas e as torres medievais que protegiam a cidade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As muralhas que acompanham a cidade

Das nove torres, apenas três estão de pé. O relógio mais antigo de Lucerna fica na torre Zyt e a sua construção data de 1535. Um passeio nas muralhas proporciona vistas únicas e faz as delícias dos amantes de fotografia.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Subindo para as torres

Um dos monumentos mais procurados pelos turistas é a figura do Leão esculpido na pedra, em memória dos mercenários suíços mortos na Revolução Francesa em 1792. A figura simboliza um leão mortalmente ferido, expressando a dor da morte.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Monumento do Leão Moribundo

A Igreja Hofkirche é a principal da cidade e a igreja renascentista mais importante da Suíça. Foi reconstruida em 1645 após um violento incêndio e as suas torres, altas e pontiagudas, evidenciam-se entre a paisagem.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As torres da Igreja Hofkirche

À noite, a iluminação dos edifícios públicos tem um efeito muito bonito sobre o lago e há muita animação nocturna pelas ruas, nas esplanadas e bares.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Curiosa iluminação nocturna de um dos hotéis

Na encosta da montanha, não passa despercebido o Hotel Palácio Gutsch, o mais luxuoso da Suíça, construído em 1888 e que recebe, frequentemente, altos dignitários internacionais, membros da realeza e personalidades do meio artístico mundial.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O Hotel Palácio Gutsch

Não se esqueça que está no país dos relógios e dos chocolates. Há muita oferta mas cuidado com os preços que variam muito de uma loja para a outra.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Os relógios tradicionais

O cenário montanhoso, a tranquilidade do lago e a arquitectura medieval fazem de Lucerna uma visita para recordar com saudade.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Há tanto mundo para ver…

♥ Boa viagem ♥

Guia prático


♦ Quando ir

Lucerna é uma cidade muito fria no Inverno com temperaturas máximas de 5ºC e mínimas que podem atingir os 3 graus negativos. Entre Novembro e Fevereiro é frequente nevar. Os meses de Junho, Julho e Agosto são os mais chuvosos, mas as temperaturas andam entre os 15ºC  e os 25ºC. Apesar de tudo, esta é uma cidade que pode ser visitada em qualquer altura do ano.

♦ Como ir

Várias companhias aéreas voam de Lisboa para Zurique. Neste aeroporto tem ligação a Lucerna com autocarros, comboios ou táxi. A distância entre as duas cidades é de 52 Km.

♦ O que vestir

Previna-se para o frio e chuva, independentemente da data da sua viagem porque, devido à proximidade dos Alpes, o tempo pode mudar de uma hora para a outra.

♦ Alojamento

A cidade de Lucerna recebe os seus visitantes com uma vasta oferta hoteleira. Nós ficámos instaladas no maravilhoso Radisson Blu Hotel Lucerne, com um serviço irrepreensível e uma localização fantástica.

♦ Informações importantes

Visite o nosso Guia de Viagem para a Suíça onde encontrará indicações úteis sobre a entrada e permanência no país.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s