A Real Basílica e Convento do Santíssimo Coração de Jesus e o Jardim da Estrela – uma bela parceria

É numa das mais altas colinas de Lisboa que está instalada a Basílica da Estrela, nome por que é mais conhecida a Real Basílica e Convento do Santíssimo Coração de Jesus. Decorria a segunda metade do século XVIII quando a Rainha D. Maria I e o Rei D. Pedro III seu marido, prometeram erguer uma igreja caso fossem abençoados com um filho varão para herdar o trono.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Basílica da Estrela na Praça com o mesmo nome

Essa bênção foi-lhes concedida, o filho nasceu e em 1779 foram chamados os arquitectos da escola de Mafra para dar início à construção da Basílica da Estrela que seria terminada em 1790. Infelizmente o seu filho nunca chegou a conhecer o templo porque morreu ainda criança, com varíola, antes de a construção ser terminada.

SCJ
O relevo na fachada que representa o Sagrado Coração de Jesus

Esta que é a primeira igreja no mundo dedicada ao Sagrado Coração de Jesus, tem uma linda fachada em estilo barroco com duas torres gémeas e com estátuas de santos e figuras representativas da gratidão, liberdade, fé e devoção, obras da autoria de Machado de Castro que foi um dos maiores escultores portugueses com grande reconhecimento na Europa.

TORRES
As torres gémeas da basílica
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As bonitas esculturas que enriquecem a fachada do monumento

A riqueza da corte portuguesa da época está bem patente no trabalho aqui realizado, que se deveu aos melhores artistas portugueses e italianos contratados para levarem a cabo este majestoso projecto que começou por ser um convento carmelita.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Santa Madalena de Pazzi
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Interior da galilé e entrada para a nave da igreja

No amplo interior, iluminado por luz natural proveniente dos óculos da cúpula, saltam à vista os mármores de várias cores no piso e nas belas colunas trabalhadas, os ricos retábulos e as maravilhosas capelas dedicadas a vários santos portugueses. Várias pinturas do pintor italiano Pompeo Batoni fazem as delícias dos apreciadores.

ENT
A bonita nave central
CUP
Os maravilhosos tectos e cúpula
RET
A linda pintura do retábulo-mor
FAT
O altar de Nossa Senhora de Fátima
RRRRR
Transepto do lado da Epístola

Dois grandes órgãos de 1789 e 1791 fazem parte do recheio da igreja. Em 2009 foi aqui criada a Schola Cantorum da Basílica da Estrela que tem como finalidade o ensino da música litúrgica em Portugal.

20190525_153508
Órgão de coro construído em 1791 e restaurado em 1998

O bonito túmulo estilo império de D. Maria I fica ao lado da porta de acesso à sala da Sacristia onde se encontra em exposição o magnífico presépio de Machado de Castro com cerca de 500 figuras esculpidas em cortiça e terracota, feito propositadamente para o convento carmelita. A basílica está aberta todos os dias entre as 10h30 e as 19h30 e a entrada é gratuita.

TUMUL
O túmulo da Rainha D. Maria I que faleceu no Brasil
PRESÉPIO
O monumental presépio construído para o convento carmelita
PRESEPIO
Detalhes da cena da Natividade
20190525_153203 (2)
O bonito tecto da Sacristia
20190525_153131 (2)
O lavabo da Sacristia

Não perca a visita ao terraço que pode fazer de terça-feira a domingo entre as 10h e as 18h30 e que custa 4€. Tenha em consideração que o espera uma subida de 114 degraus, mas a vista da cidade, do Rio Tejo e do Jardim da Estrela ali em frente, vale bem o esforço.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Acesso às escadas para o terraço
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
São 114 degraus em espiral…
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Vista do terraço para a Ponte 25 de Abril
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
O Rio Tejo
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As torres gémeas ao nível do terraço
20190525152703
Vale a pena dar destaque ao trabalho de escultura que aqui foi feito

Uma vez ali chegado, tem acesso à cúpula da basílica onde pode entrar e andar à volta. A vista do alto para o interior da igreja permite apreciar melhor os desenhos em mármore rosa, amarelo e cinzento do seu chão, enquanto vê mais de perto os detalhes das colunas.

cupp
O zimbório
111
Mais perto do céu… os detalhes do interior da cúpula
VOLTA
Varanda no interior do zimbório
PORTA
A entrada da igreja e a nave central vistas da varanda da cúpula. As cores do mármore, aqui ganham uma outra dimensão!
ALTOO
O altar principal visto do alto

Depois de terminada esta visita, sugerimos que se desloque ao Jardim da Estrela, em frente a este monumento, um dos locais mais descontraídos de Lisboa e onde se realizam várias feiras e eventos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Entrada do jardim da Estrela/ Jardim Guerra Junqueiro em frente à basílica
20190525142743
Um lugar tranquilo
ESPL
O café/ esplanada
PATA
Um dos lagos do jardim. No centro está a escultura intitulada “A guardadora de patos” de 1914
PLANTAS
Curiosa?

Este jardim construído em meados do século XIX, era o ponto de encontro da aristocracia portuguesa. Estátuas, fontes, lagos, coreto, biblioteca pública, WC, café com esplanada e parque infantil são algumas das infraestruturas de apoio a todos os que queiram ali passar algumas horas agradáveis em família ou com amigos. A fauna e flora aqui reunidas não passam despercebidas aos mais atentos.

CORETO
O bonito coreto em ferro forjado feito ao estilo dos jardins ingleses
BIBLIO
O quiosque da biblioteca
PARQ
O parque infantil
PIQ
Recanto de piquenique
PATOS
Os “donos da casa”

Este jardim foi mais tarde renomeado Jardim Guerra Junqueiro em homenagem ao grande poeta português que, com a sua poesia, ajudou a incentivar a revolução que levou à Implantação da República. Formado em Direito e para além de poeta e escritor, este ilustre cidadão foi ainda jornalista, deputado e embaixador de Portugal na Suíça.

20190525142551
“O cavador” de 1913, é um dos vários trabalhos do escultor português Costa Motta que podem ser apreciados ao longo do jardim
JOAO
Uma homenagem a João de Deus, um importante poeta e pedagogo português
ESTT
Numa outra entrada do jardim está o monumento a Pedro Álvares Cabral, o navegador português que descobriu o Brasil

A História de Portugal é muito rica. Este é um pequeno país construído a pulso por grandes personalidades. Visitar os seus monumentos e lugares públicos é percorrer as páginas de um livro aberto ao conhecimento.

PEÇAS
Alguns objectos de culto em exposição na Sacristia
REMATE
Brasão e armas do reino de Portugal no cimo do guarda-vento da igreja

♥ Boa viagem ♥

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s