A Catedral de Salzburgo e as praças adjacentes – um conjunto inseparável

A Catedral de Salzburgo, uma das mais belas igrejas da Europa, domina a imagem do Centro Histórico da cidade com as suas torres de 68 metros de altura. As suas fachadas revestidas a mármore não deixam antever o seu esplendoroso interior! A catedral de origem, foi construída neste local no ano de 774 e sobreviveu ao longo dos séculos a oito incêndios mas, em 1598, um violentíssimo incêndio destruiu completamente todo o edifício.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Catedral de Salzburgo vista da Fortaleza Hohensalzburg
20180821_102112
Interior da catedral

O arquitecto italiano Santino Solari foi chamado a criar o novo local de devoção, em estilo barroco, cuja construção decorreu entre 1614 e 1628 e resultou numa obra que viria a influenciar a arquitectura em toda a Áustria. A sua maravilhosa cúpula e os frescos que adornam o seu interior, são de uma beleza sem precedentes.

TRABALHO
Um trabalho que nos obriga a olhar para cima durante muito tempo…
ALTAR
O altar principal
BANCOS
Os bancos foram esculpidos em madeiras nobres

A Catedral tem cinco órgãos independentes, uma situação única que proporciona que aqui sejam ouvidos extraordinários concertos de obras polifónicas. Mozart foi aqui organista entre 1779 e 1781. O seu órgão favorito era o do pilar sudeste, o “Hoforgel”.

FUNDO
Ao fundo, o órgão principal
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Hoforgel é o órgão que Mozart gostava de tocar

Foi também aqui que o grande compositor foi baptizado na pia baptismal de bronze que data de 1321.

PIA
A pia baptismal

Na entrada principal há quatro esculturas. Duas são dos apóstolos Pedro e Paulo e as outras duas são dos santos patronos Ruperto e Virgílio.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
As esculturas na entrada principal da catedral

Os sete sinos da Catedral têm a fama da ter a melhor sonoridade do país. O Sino de São Salvador é o segundo maior da Áustria e pesa 14 toneladas!

SINEIRA
A torre do sino de São Salvador

Durante a Segunda Guerra Mundial, uma bomba aérea destruiu a cúpula do monumento que foi reconstruída durante o período do pós guerra. A catedral foi reaberta em 1 de Maio de 1959. A entrada na catedral é gratuita e está aberta das 8h às 17h no Inverno e até às 19h durante o Verão. Aos domingos as visitas só são permitidas a partir das 13h, depois do culto religioso.

CUPULA
O interior da cúpula da Catedral de Salzburgo

A Coluna Imaculada é o foco de atenção no centro da Praça da Catedral (Domplatz). A estátua da Virgem Maria foi construída entre 1766 e 1771 em mármore e ferro fundido. Ela está cercada por quatro figuras que representam o Anjo, o Diabo, a Verdade e a Igreja. Conta a História que o mistério da Imaculada Conceição foi de tal maneira grande que originou que os anjos ficassem encantados, o diabo rosnasse de inveja, a certeza humana desaparecesse e a igreja triunfasse!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Coluna Imaculada em frente da fachada principal da catedral na Domplatz

Nesta praça realizam-se vários espectáculos durante o Festival de Salzburgo e é também aqui que decorre o Mercado de Natal. Ambos os eventos atraem milhares de visitantes.

PASSAGEM
Passagem que liga a Domplatz e o Palácio Salzburg Residenz

Passando para a Residenzplatz (Praça da Residência), ela está cheia de belos edifícios históricos. O Salzburg Residenz é um palácio cuja construção data de 1120. Aqui residiram durante séculos os príncipes-arcebispos de Salzburgo. No século XVI foram feitas várias mudanças à estrutura do edifício que assumiu uma aparência renascentista.

20180821_103348
A Residenzplatz e, ao fundo, o Salzburg Residenz

Em 1923 foi aberta ao público uma galeria de arte que apresenta notáveis pinturas dos séculos XVI a XIX. Os aposentos da dinastia imperial austríaca também estão abertos a visitas, mas é proibido fotografar no seu interior. Ao todo, são 180 salas e algumas ainda são usadas para eventos oficiais. O palácio está aberto todos os dias das 10h às 17h mas encerra às terças-feiras. A entrada custa 12€.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Entrada para a visita ao palácio e galeria de arte

Do lado oposto da praça está a New Residenz cuja construção se iniciou em 1588, arrastando-se ao longo de quase um século. As salas do Estado Real feitas em estuque ao estilo renascentista italiano, são apenas um dos motivos porque deve visitar este complexo que comporta ainda, desde 2005, o Museu de Salzburgo que recebeu em 2009 o prémio de Museu Europeu do Ano.

pal
A New Residenz na Residenzplatz

Lá dentro pode apreciar preciosos objectos de arte e exposições itinerantes. Partes da administração do governo e uma estação de correios estão também aqui instalados. O museu está aberto todos os dias das 9h às 17h e encerra à segunda-feira. A entrada é gratuita até aos 6 anos e para pessoas com deficiência. Os preços dos ingressos são os seguintes: 6 a 15 anos/3€, 16 a 26 anos/4€ e adultos/8.50€.

gu
O Museu de Salzburgo

O edifício está coroado pela Torre Glockenspiel (jogo de sinos) onde estão instalados os 35 sinos que formam o carrilhão da cidade e que foram fundidos em Antuérpia em 1688. As suas 40 melodias são ouvidas na cidade desde 1704. O carrilhão toca diariamente às 7h, 11h e 18h. Pode subir ao carrilhão em visita guiada, de Março a Outubro à 5ªfeira às 17h30 e à 6ªfeira às 10h30. A entrada é livre para crianças até aos 6 anos e pessoas com deficiência. Os preços são os seguintes: 6 a 15 anos/2€, 16 a 26 anos/2.50€, adultos/4.50€ e séniores/3€.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Torre Glockenspiel com o carrilhão de Salzburgo

No centro da praça está a bonita Residenzbrunnen, a fonte de pedra calcária erguida entre 1656 e 1661. A parte superior tem a figura de Tritão que ejecta a água para cima. É considerada a maior fonte barroca da Europa Central.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A fonte Residenzbrunnen marca o centro da praça

A Igreja de S. Miguel também faz parte do conjunto que rodeia este espaço e é a mais antiga igreja paroquial dos burgueses de Salzburgo. A pequena igreja em estilo rococó já existia antes do ano de 800, mas foi remodelada no final do século XVIII em estilo barroco. Durante a missa não são permitidas visitas turísticas. A igreja está aberta diariamente das 8h às 11h45 e das 13h às 16h.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
A Igreja de S. Miguel

As charretes fazem parte integrante desta praça. Se quiser fazer um passeio pela cidade num destes veículos, é aqui que se deve dirigir.

20180821_100657 (2)
As charretes fazem parte do cenário turístico

Do outro lado da catedral e com igual relevância está a Kapitelplatz (Praça do Capítulo), que se distingue desde logo por ter no centro uma enorme escultura de uma esfera dourada com um homem em pé em cima dela e cujo autor, Stephan Balkenhol, lhe chamou “Sphaera”. Ao lado está um grande jogo de xadrez pintado no chão e com peças de generosas dimensões para quem quiser jogar.

bola
A Kapitelplatz e a escultura que a identifica

Ao fundo destaca-se a bonita Fonte do Capítulo em estilo barroco de 1730. Era usada para lavar os cavalos reais. Em volta da praça há muitas tendas de comércio que vendem souvenirs, chocolates e artigos regionais. Daqui obtém-se uma bela perspectiva da Fortaleza Hohensalzburg e pode subir até lá a pé ou no funicular que tem partida e chegada nesta zona da cidade.

font
A Fonte do Capítulo com a fortaleza ao fundo
morte
A escultura da artista Anna Chromy que simboliza “A Morte”

O Centro Histórico de Salzburgo é um óptimo exemplo de como o passado de uma cidade pode fazer parte integrante do seu presente sem comprometer a sua visão do futuro.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Mais uma cidade que nos deixou com uma imensa vontade de voltar…

♥ Boa viagem ♥

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s